O material

De entre as várias preocupações que vou empurrando com a barriga, porque ainda faltam 4 meses, conta-se o material. É preciso levar muita tralha, vejam só:

Copo de 15cl
2 l de água
2 frontais com reserva de pilhas
Manta de sobrevivência
Apito
Estojo de primeiros-socorros com anticocómole, paracetamol, antiséptico, compressas, fita adesiva (min. 80cm x 3cm), comprimidos de purificação da água.
Comida. 3000 kcal de comida!
Casaco e calças à prova de água
Segunda camada de manga comprida
Fósforos ou isqueiro
Mapa da corrida
Chapéu ou buff

Mais o não obrigatório mas indispensável, como os bastões, o telemóvel, os óculos de sol, as luvas, o relógio GPS (e talvez um powerbank), entre outras coisas.

É muito peso e muito volume, sobretudo à conta da água, da comida e da roupa. Tudo junto deve somar quase os 10% do meu peso às costas, supostamente o máximo que posso levar. E não consigo enfiar tudo na minha mochila que, seja como for, não está bem ajustada para mim. Preciso de uma nova, com esta capacidade

mula-do-bloco-com-carga-das-coberturas-52342490
Imagem involuntariamente subtraída à Dreamstime

Mas que esteja ao nivel de estilo desta outra que tenho lá em casa 😉

mochila Chanel
Autor não identificado, faz de conta que foi o meu filho

Nesta prova terei de forçar a sensatez sobre o minimalismo. Trata-se de sobrevivência. Terei de me habituar ao peso e ao desconforto, tudo terá de ser devidamente testado. Na Freita, daqui a 4 semanas, gostava de levar já a nova mochila. Assim chegue o reembolso do IRS.

Advertisements

2 thoughts on “O material

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s