planos de treino que consistem em não ter planos

Como disse no início do blogue, o objectivo deste espaço era funcionar como bloco de notas. Registar, rever, ajustar, arranjar uma espécie de estratégia no meio disto da preparação da minha primeira prova de 100 km.

Pois.

Primeiro veio a lesão.

Depois a separação.

E ainda faltam as férias, sozinha com os meus pequenotes queridos, cujo bem-estar é obviamente prioritário sobre qualquer prova. Digamos que não há condições para nenhum tipo de plano digno desse nome. Limito-me a correr quando posso, a privilegiar o desnível e o máximo cuidado na prevenção de outras lesões. É o possível. Os últimos tempos têm-me ensinado que conseguimos e aguentamos muito mais do que estamos à espera.

Há 36 horas para fazer os 105 km. Tempos de corte: até às 10h no PC2; 13h PC3; 20h PC4; 4h (dia 2) PC6; 11h PC8; 12h PC9. Falta olhar com muita atenção para o mapa de altimetria e ver quais as situações mais críticas. De resto, vou dar o meu melhor. Havendo pernas e sossegando a cabeça, macacos me mordam se não chego ao fim.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s